DETERMINAÇÃO DO MOMENTO CRÍTICO DE FLAMBAGEM
LATERAL COM DISTORÇÃO EM VIGAS MISTAS CONTÍNUAS DE
AÇO E CONCRETO COM PERFIS DE ALMA SENOIDAL

Nome: Janaina Pena Soares de Oliveira
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 09/05/2014
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Adenilcia Fernanda Grobério Calenzani Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Adenilcia Fernanda Grobério Calenzani Orientador
Walnório Graça Ferreira Examinador Interno

Resumo: As vigas mistas de aço e concreto estão sendo largamente utilizadas em
construções de edifícios e pontes. Ao se combinar o aço com o concreto obtêm-se
estruturas mais econômicas, uma vez que se tira proveito das melhores
características de cada material. Nas regiões de momento negativo de uma viga
mista contínua, a mesa inferior e parte da alma estão comprimidas, se a alma do
perfil não tiver rigidez suficiente para evitar a flexão lateral, ela distorcerá gerando
um deslocamento lateral e um giro na mesa comprimida, caracterizando um modo
de flambagem denominado flambagem lateral com distorção (FLD). O procedimento
de verificação à FLD da EN 1994-1-1:2004 originou o método de cálculo da ABNT
NBR 8800:2008, entretanto a EN 1994-1-1:2004 não fornece expressão para o
cálculo do momento crítico elástico, enquanto a ABNT NBR 8800:2008 prescreve
uma formulação proposta por Roik, Hanswille e Kina (1990) desenvolvida para vigas
mistas com perfis de alma plana. Embora as normas prescrevam um método de
verificação à FLD para vigas mistas com perfis de alma plana, poucos estudos têm
sido feitos sobre esse estado-limite. Além disso, tanto a ABNT NBR 8800:2008
quanto as normas internacionais não abordam perfis de alma senoidal. Neste
trabalho, foram implementadas análises de flambagem elástica, com auxílio do
software ANSYS 14.0 (2011), em modelos de elementos finitos que retratem o
comportamento à FLD de vigas mistas de aço e concreto com perfis de alma plana e
senoidal. Os modelos numéricos foram constituídos pelo perfil de aço, por uma mola
rotacional que restringe parcialmente o giro da mesa superior e uma restrição ao
deslocamento lateral, ao longo de todo o comprimento da viga. Os resultados
numéricos são comparados com os obtidos pelas formulações de Roik, Hanswille e
Kina (1990) e de Hanswille (2002), adaptadas para levar em consideração a
corrugação da alma do perfil de aço. Para avaliação das formulações supracitadas e
da consistência da modelagem numérica adotada, o momento crítico elástico foi
determinado para vigas mistas com perfis de aço de alma plana. Como resultado,
um método para o cálculo do momento crítico elástico de vigas mistas de alma
senoidal é proposto.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910