Contribuição ao Estudo de Argamassas
de Recuperação Superficial Em
estruturas de Concreto Armado

Nome: Flavio Vassallo Mattos
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 22/04/2002
Orientador:

Nome Papelordem decrescente
João Luiz Calmon Nogueira da Gama Orientador

Banca:

Nome Papelordem decrescente
Fernando Lordêllo dos Santos Souza Coorientador
Oswaldo Cascudo Matos Examinador Externo
Marcel Olivier Ferreira de Oliveira Examinador Interno
João Luiz Calmon Nogueira da Gama Orientador

Resumo: O concreto armado é um sistema construtivo de utilização mundialmente conhecido. Isso se deve à facilidade de compor formas e dimensões, que são de grande importância para produzir detalhes arquitetônicos e estruturais. Porém, devido a problemas na concepção, construção ou utilização das edificações ou obras de arte, as mesmas podem apresentar problemas patológicos, sendo necessárias intervenções para reabilitar a estrutura. Neste contexto, entram as argamassas para
recuperação estrutural, materiais utilizados para reabilitar a estrutura, mantendo ou aumentando a vida útil da mesma. Assim sendo, esta dissertação apresenta uma contribuição ao estudo de argamassas de
recuperação estrutural superficial, através do levantamento e comparação de propriedades entre seis argamassas para este fim. Quatro argamassas são dosadas em laboratório, com uso de sílica ativa, um aditivo redutor de retração e um aditivo superplastificante; as outras duas são argamassas com adição de polímeros encontradas no comércio local. No levantamento bibliográfico, foi dada ênfase: nas características desejadas para uma argamassa de recuperação, nas faixas de valores para propriedades importantes e nas argamassas com uso de sílica ativa. Executaram-se ensaios mecânicos e físicos nas seis argamassas, dentre eles: consistência, resistência à compressão axial, à tração por compressão diametral, absorção de água por capilaridade e por imersão, retração livre e restringida, resistência de aderência à tração e ao cisalhamento da junta inclinada. Finalmente apresentam-se os resultados dos ensaios das argamassas, comparando-os entre si e com valores dessas propriedades citadas por outros autores, mostrando onde as argamassas com sílica ativa devem melhorar para aumentar a sua qualidade.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910