Estudo de Pilares Mistos Aço-concreto Com Comparações Entre Soluções em Aço e em Concreto Armado

Nome: Augusto Cezar Gomes Braga
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 15/12/2006
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Walnório Graça Ferreira Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Luiz Herkenhoff Coelho Examinador Interno
Pedro Augusto Cézar Oliveira Sá Examinador Interno
Romilde Almeida de Oliveira Examinador Externo
Walnório Graça Ferreira Orientador

Resumo: A O estudo de novas técnicas e processos construtivos mais eficientes e racionais vem sendo alvo de muitos pesquisadores. A absorção do método construtivo aço-concreto e de seu processo construtivo industrializado de produção se mostra como um importante agente de transformação numa indústria tradicionalmente baseada na construção de estruturas em concreto armado. O conhecimento das diversas opções estruturais existentes conduz à utilização mais racional dos recursos de material e mão de obra. A utilização de pilares mistos aço-concreto, sobretudo os pilares mistos preenchidos em edifícios altos, apresentou um significativo crescimento nas últimas décadas e é uma tendência em diversos países americanos, europeus e asiáticos. Na busca de novas técnicas e
processos construtivos, objetivando a racionalização na construção, a utilização de pilares mistos na composição de sistemas estruturais apresenta eficiência significativa. Esta utilização justifica-se não só por vantagens econômicas e estruturais inerentes aos seus elementos, mas quando comparado com o concreto
armado, verifica-se uma série de vantagens construtivas atribuídas principalmente à metodologia utilizada no seu processo construtivo. Neste trabalho é feita uma ampla abordagem sobre os pilares mistos aço-concreto, avaliando a viabilidade da utilização de pilares mistos para uma racionalização na construção civil brasileira. São abordadas as principais vantagens atribuídas a tais elementos como: alta resistência e ductilidade, economia de materiais e mão de obra e a redução das
dimensões da seção transversal, além dos principais aspectos construtivos. Também é feito um estudo sobre as principais normas aplicáveis para o dimensionamento de pilares mistos aço-concreto, além de um estudo comparativo de dimensionamento de pilares mistos aço-concreto seguindo as recomendações
adotadas pelo EUROCODE 4 (1994), pela NBR 14323 (1999), pelo texto base de revisão da NBR 8800 (2003) e pelo projeto de revisão da NBR 8800 (2006). Procurando avaliar a viabilidade da utilização dos pilares mistos para uma racionalização na construção civil brasileira, também são feitos alguns estudos comparativos de custo entre os pilares mistos aço-concreto, entre os pilares
mistos aço-concreto e os pilares de concreto armado e entre um pilar misto aço-concreto e um pilar de aço, utilizando preços praticados na região da GrandeVitória.

Palavras chave: pilares mistos aço-concreto; dimensionamento; racionalização;custo.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910