PLANEJAMENTO de Entregas em Áreas Urbanas Considerando Recarregamento Intermediário, Veículos Com Múltiplos Compartimentos, Múltiplos Depósitos e Restrição de Acesso

Nome: Henrique Fiorot Astoures
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 06/04/2021
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Rodrigo de Alvarenga Rosa Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Macksuel Soares de Azevedo Examinador Interno
Renato Elias Nunes de Moraes Examinador Externo
Rodrigo de Alvarenga Rosa Orientador
Wander Demonel de Lima Examinador Externo

Resumo: Em um período recente, registrou-se um crescimento da demanda por transporte de mercadoria por comércios e residências nos grandes centros urbanos, principalmente no período de pandemia do Corona vírus, impondo o aumento da demanda por veículos para realizar esses transportes. Com os impactos socioambientais inerentes a esse crescimento, as autoridades das cidades julgaram necessário restringir a entrega por meio de veículos de grande porte, fazendo-se necessário a elaboração de um planejamento de logística urbana nesses grandes centros. Assim, essa dissertação propõe uma nova classe de problema denominado Site-Dependent Multi-Depot Compartment Vehicle Routing Problem with Intermediate Replenishment Facilities and Time Windows para solucionar o problema de entregas em áreas urbanas com tráfego intenso e legislação restritiva a entrada de veículos de grande porte, considerando o planejamento de logística urbana para entrega ao cliente final. O objetivo é minimizar o custo total de entregas em áreas urbanas considerando múltiplos armazéns centrais, alocação unitária das caixas em múltiplos compartimentos, restrição de acesso, janela de tempo de atendimento no cliente e armazéns intermediários para reabastecimento. O modelo matemático foi testado no software CPLEX 12.8 em instâncias geradas a partir de dados preliminares de uma empresa que está estudando a viabilidade econômica e operacional no município de Vitória, Espírito Santo. Foi apresentado um modelo matemático que atende ao problema estudado, incorporando características operacionais reais, e os resultados dos testes realizados mostraram que, para as instâncias testadas, ter mais armazéns intermediários disponíveis é a estratégia mais econômica.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910