AVALIAÇÃO dos Efeitos da Expansão de Agregados Contendo Escória de Aciaria LD no Desempenho Mecânico de Misturas Asfálticas Envelhecidas

Nome: Sidineidy Izoton
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 13/05/2020
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Jamilla Emi Sudo Lutif Teixeira Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Georgia Serafim Araújo Examinador Externo
Jamilla Emi Sudo Lutif Teixeira Orientador
Patrício José Moreira Pires Coorientador
Ronaldo Pilar Examinador Interno

Resumo: Alternativas sustentáveis de materiais para pavimentação têm sido cada vez mais estudadas para minimizar a extração de agregados naturais de jazidas e reaproveitar coprodutos e resíduos já disponíveis em pátios ou aterros. As escórias de aciaria têm se mostrado viáveis tecnicamente por possuir características físicas e mecânicas semelhantes ou até superiores às de agregados britados de origem natural. No entanto, sua utilização ainda é limitada dada a sua natureza expansiva, que pode levar ao aparecimento de trincas precoces em pavimentos. Dessa maneira, este trabalho avalia a influência da expansão de escórias de aciaria no desempenho de misturas asfálticas a longo prazo. Três amostras de escória de aciaria do tipo LD com níveis de expansão distintos (1,63%, 2,31% e 5,92%) foram submetidas à caracterização física, mecânica e morfológica para avaliar os efeitos da expansão nas propriedades individuas do material. Após isso, foram produzidas
quatro misturas asfálticas, sendo uma com 100% de agregado natural e outras três com substituição de 25% do agregado natural por escória LD em diferentes níveis de expansão. Para a análise dos efeitos da expansão a longo prazo foram adotados diferentes métodos de envelhecimento (ao ar livre e em estufa) e realizados ensaios
de resistência à tração. Também foram realizados ensaios de dano por umidade induzida (DUI) visto que a água e o calor são os responsáveis por expansão do agregado siderúrgico. Por último, foram realizados ensaios de expansão na composição de agregados extraídos de misturas asfálticas após envelhecimento e condicionamento do DUI. Observou-se que o processo de expansão da escória de aciaria altera algumas de suas propriedades, principalmente a absorção. Misturas asfálticas utilizando escória LD com expansão maior que 3% apresentaram menores
valores de resistência à tração e ao DUI em relação as demais misturas estudadas. Os resultados de expansão de agregados extraídos de misturas condicionadas mostraram que os efeitos expansivos podem ser minimizados em misturas asfálticas. Em geral, observou-se que para os percentuais de substituição avaliado neste trabalho, o desempenho mecânico foi similar ao das misturas com 100% de agregado natural e apresentando resultados satisfatórios.

Palavras-chave: Escória de aciaria, expansibilidade, envelhecimento, dano por umidade induzida, misturas asfálticas.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910