Verificação do potencial de uso de resíduos siderúrgicos provenientes de diferentes etapas do processo de refino do aço como agregados em misturas asfálticas do tipo SMA.

Nome: Leidyanne De Bortoli Azeredo
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 24/08/2018
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Jamilla Emi Sudo Lutif Teixeira Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Jamilla Emi Sudo Lutif Teixeira Orientador
Patrício José Moreira Pires Examinador Interno
Verônica Teixeira Franco Castelo Branco Examinador Externo

Resumo: O concreto asfáltico do tipo SMA (Stone Matrix Asphalt), bastante utilizado em países desenvolvidos, é uma interessante alternativa de revestimento de pavimentos. No entanto, em razão da alta interação entre os agregados, a mistura do tipo SMA requer uso de agregados com características que nem sempre estão disponíveis nas reservas naturais brasileiras, sendo umas das principais a resistência à abrasão, que deve ser menor do que 30%. Dada sua resistência mecânica comprovada, o uso do agregado siderúrgico pode ser uma alternativa para o projeto de misturas SMA. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de uso de agregados siderúrgicos na composição de misturas asfálticas do tipo SMA. A metodologia da pesquisa promoveu uma avaliação das características físicas, químicas, mineralógicas, morfológicas e mecânicas dos agregados naturais e siderúrgicos utilizados bem como a caracterização mecânica de misturas SMA, por meio de ensaio de estabilidade e fluência Marshall, resistência à tração por compressão diametral, dano por umidade induzida e resistência à abrasão. Foram dosadas SMA variando-se o percentual de agregado siderúrgico na composição (30% e 50%), a faixa granulométrica (TMN 19mm e TMN 16mm) segundo normas americana e alemã, o tipo de material de enchimento (filer natural e filer siderúrgico de KR) e o uso de fibra de celulose. A caracterização individual do agregado siderúrgico mostrou sua viabilidade para ser utilizado em obras de pavimentação atendendo aos requisitos das normas utilizadas. Os resultados da dosagem mostraram que o uso de filer KR ou de fibra promove uma correlação positiva entre o volume vazio e o aumento de VMA, VCA e estabilidade Marshall. Os resultados demonstraram que o uso de 50% agregado siderúrgico possibilita uma considerável melhora no comportamento físico e mecânico das misturas SMA. Além das vantagens técnicas, o uso de agregados siderúrgicos proporciona ganho ambiental, com redução da deposição de resíduos sólidos no ambiente e minimização de extração de recursos naturais não renováveis.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910