PROPOSTA de um Método Baseado na Abordagem Well-to-wheel para Calcular e Avaliar As Emissões de Poluentes Atmosféricos e Gee Durante o Ciclo de Vida dos Combustíveis Utilizados Por Locomotivas

Nome: Rafaella Ribeiro Caliman
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 21/03/2018
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Rodrigo de Alvarenga Rosa Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Cíntia Machado de Oliveira Examinador Externo
João Luiz Calmon Nogueira da Gama Examinador Interno
Márcio de Almeida D’Agosto Coorientador
Rodrigo de Alvarenga Rosa Orientador

Resumo: As ferrovias tem uma participação considerável no transporte brasileiro de cargas, e espera-se que isso aumente pelos próximos anos. No entanto, quanto maior for o crescimento das operações ferroviárias, maior será o consumo de combustíveis fósseis derivados do petróleo pelas locomotivas, e, consequentemente, maior será a emissão de poluentes atmosféricos e GEE. Devido às recentes preocupações ambientais, várias medidas foram empregadas mundialmente para se reduzir as emissões do setor de transporte, como por exemplo o uso de combustíveis alternativos, como o gás natural e os biocombustíveis. Todavia, deve-se avaliar se esses combustíveis realmente são eficazes na redução dessas emissões, quando as mesmas são consideradas durante todo o ciclo de vida do combustível, desde a obtenção de matérias-primas para a sua produção até a sua utilização final nos motores das locomotivas. Logo, esta dissertação propõe um método para calcular e a avaliar as emissões de poluentes atmosféricos e GEE durante o ciclo de vida dos combustíveis utilizados por locomotivas, utilizando como referência a norma internacional ISO 14040. Este método foi baseado em uma abordagem Well-to-Wheel, usualmente aplicada para a avaliar o ciclo de vida dos combustíveis utilizados pelos veículos de transporte. Para validar o método, este foi aplicado à Estrada de Ferro Vitória a Minas. Foram testados cinco cenários utilizando os combustíveis B5, B25 e GNL. Os resultados encontrados mostraram que o uso de GNL associado ao B25 pelas locomotivas, trariam reduções nas emissões de 33% de CO2, 19% de CO, 59% de NOx e 83% de MP em relação ao uso de B5. O método também mostrou a importância de se avaliar as emissões durante todo o ciclo de vida dos combustíveis e não somente durante sua utilização final, podendo servir de ferramenta de apoio à tomada de decisão de empresas e agências regulamentadoras de ferrovias.

Palavras-chaves: Locomotivas. Poluentes Atmosféricos. Gases de Efeito Estufa. Avaliação de Ciclo de Vida. Well-to-Wheel. Diesel. Gás Natural Liquefeito. Biodiesel.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910