EFICIÊNCIA Energética das Tipologias Representativas de Edifícios Residenciais de um Bairro à Luz do Pbe Edifica

Nome: Regiane Faria Giacomin
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 19/10/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
João Luiz Calmon Nogueira da Gama Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Ana Paula Rabello Lyra Examinador Externo
Geilma Lima Vieira Examinador Interno
João Luiz Calmon Nogueira da Gama Orientador
Marcel Olivier Ferreira de Oliveira Examinador Externo

Resumo: O histórico do consumo de energia no Brasil dos últimos 10 anos exibe aumento significativo, e atualmente cerca de 54% do consumo de energia elétrica brasileira corresponde aos setores residenciais, comerciais, públicos e de serviços. Desta forma ressalta-se a importância em estabelecer estratégias que promovam a eficiência energética das edificações, sendo necessário compreender seu desempenho térmico e energético. No âmbito do Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações, PBE Edifica, foram desenvolvidos regulamentos técnicos com objetivo de classificar o nível de eficiência energética de edificações. Assim, identificando a existência de uma lacuna em Vitória, ES, sobre conhecer o nível de eficiência energética de seus edifícios, esta pesquisa teve como objetivo definir o nível de eficiência energética das edificações residenciais multifamiliares do bairro Jardim Camburi, na capital do Espírito Santo, sudeste do Brasil, e analisar a influência de variáveis arquitetônicas que impactam na eficiência energética, conforme o Programa brasileiro de etiquetagem de edificações. Para tanto, esta pesquisa define quatro edifícios representativos com base na análise de tipologias mais frequentes que representam os edifícios residenciais multifamiliares do bairro. Foram mapeadas e classificadas 663 edificações. Os 4 edifícios representativos foram avaliados quanto sua eficiência energética em relação à Etiquetagem de Edificações, RTQ-R, do PBE Edifica. Foram analisados os resultados das unidades habitacionais (UH) quanto a graus-hora para resfriamento, consumo relativo para refrigeração, envoltória para verão e classificação final da UH com sistema de aquecimento de água e analisados os resultados da edificação multifamiliar. A influência das variáveis de projeto e processo construtivo é analisada no Edifício representativo D, por ser o mais recente dos edifícios representativos. Os resultados fornecem dados que contribuem para uma política eficiente para a indústria da habitação e município, além de permitir estudos sobre incorporação de medidas que promovam eficiência energética no setor.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910