Estudo de Tipologias do Morar para Terceira
idade em Edifício de Apartamentos

Nome: Maria Alva Bernardo
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 21/12/2005
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Marcel Olivier Ferreira de Oliveira Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
João Luiz Calmon Nogueira da Gama Examinador Interno
Karla do Carmo Cáser Examinador Externo
Marcel Olivier Ferreira de Oliveira Orientador
Márcia Aiko Shirakawa Examinador Externo

Resumo: O trabalho tem como objetivo analisar o envelhecimento populacional e apresentar um exercício projetual à tipologia adequada ao morar da terceira idade em edifício de apartamentos. Para tanto, busca-se trazer à tona a discussão sobre a necessidade de se repensar o morar, adequado a todas as fases da vida e não somente aquele produzido para o homem-padrão-adulto, conforme se verifica nas práticas do mercado imobiliário atualmente. É fato que a chamada terceira idade
vem recebendo mais atenção por parte dos pesquisadores de diferentes áreas, principalmente com o aumento no número de pessoas idosas devido à alta expectativa de vida e diminuição das taxas de natalidade, mas ainda há poucos estudos referentes à adequação de espaços arquitetônicos, especialmente em edifício de apartamentos. O desejo da maioria das pessoas, viver cada vez mais, pode resultar numa sobrevida marcada por incapacidade e dependência. O desafio é conseguir uma maior sobrevida com qualidade de vida. Nesse sentido, o local de
moradia, símbolo e representação da identidade social de cada um, precisa ser pensado de modo a adequar-se a todas as etapas da vida. O presente estudo apresenta um exercício de adaptação e proposições de apartamentos adaptados para a terceira idade que permita o idoso ficar na sua casa quando envelhecer, através da revisão do espaço físico de edifício de apartamentos construídos/projetados em Vitória/ES, traçando um paralelo entre aquilo que é produzido/oferecido pelo mercado e as necessidades dos idosos, que requerem dimensionamento e ambientação adequados e específicos, para que se tornem seguros e confortáveis, permitindo maior independência, através da projetação de espaços e utilização de materiais e acessórios adequados, buscando atender as
limitações físicas e funcionais da terceira idade. Foram analisados 2 (dois) apartamentos, sendo um com a tipologia da década de 70 e outro do ano de 2005, com programa de 03 quartos com suíte, banheiro social, sala de estar, cozinha e área de serviço. Foi estabelecido um quadro comparativo entre a produção atual e o considerado ideal em termos de adequação do espaço físico para a terceira idade.
Através dele, pode-se comprovar que com um aumento de área mínimo é possível produzir apartamentos projetados com base no desenho universal.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910