Modelagem Geológica-Geotécnica da Região da Praia de Itaparica e Jockey Itaparica no Município de Vila Velha-ES

Nome: Lucas Santos Candeia de Lima
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 08/06/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Patrício José Moreira Pires Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Claudio Palmeiro do Amaral Examinador Externo
Luiza Leonardi Bricalli Coorientador
Patrício José Moreira Pires Orientador
ROBINSON ROMULO GEMINO LIMA Examinador Interno

Resumo: Esta pesquisa tem por objetivo caracterizar e elaborar modelos geológico-geotécnicos da região que abrange os bairros Jockey Itaparica e Praia de Itaparica (Vila Velha-ES). Para atingir esse objetivo, procedeu-se à coleta das informações de investigações geotécnicas realizadas nos últimos dez anos por meio de Sondagem à Percussão (Standard Penetration Test – SPT) e Sondagens Rotativas. O trabalho consiste em coletar e analisar os dados de sondagens, visando identificar as camadas sedimentares mais características da região. Nessa análise, recorreu-se à seleção das sondagens mais representativas dos sedimentos da área de estudo. Em seguida, ocorreu a locação de furos de sondagens nos respectivos terrenos, o que possibilitou a obtenção de coordenadas UTM, com o auxílio do software de geoprocessamento Google Earth, a fim de obter os furos de sondagens sobre uma base cartográfica. Na terceira etapa, houve a elaboração de uma planilha contendo a localização a partir da latitude, longitude e altitude de cada furo e todas as informações geológicas e geotécnicas extraídas dos boletins de sondagem, importadas no software RockworksTM. Assim, por meio dessas informações, procedeu-se à elaboração de quatro modelos digitais geológicos e/ou geotécnicos: i) litológico; ii) estratigráfico; iii) Número de golpes SPT (NSPT) e iiii) Rock Quality Designation (RQD). Os modelos litológico e estratigráfico e as respectivas seções representaram as camadas de sedimentos existentes na região e, mediante as seções no modelo, foi possível visualizar os limites e a extensão das camadas. Diante desses dados, ficou notório que a área de estudo está na faixa de transição entre os depósitos aluvionares e os depósitos marinhos recentes quaternários. Além disso, os modelos confirmaram a existência do arenito na região que possui as características de um beachrock. O modelo Nspt forneceu a resistência das camadas sedimentares da área de estudo, que são importantes informações para a Engenharia, tendo em vista as diversas correlações realizadas com base nos resultados desse ensaio. E o modelo RQD informou sobre a qualidade da rocha sedimentar presente no substrato estudado. Com todos esses resultados, foi possível compreender a formação geológica da região e principalmente do beachrock.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910