ANÁLISE da Estabilidade de Edifícios Altos Com Lajes Lisas, Nervuradas e Nervuradas Com Vigas-faixa Levando em Consideração a Interação Solo-estrutura

Nome: Vinicius de Melo Passos
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 15/08/2016
Orientador:

Nome Papelordem decrescente
Elcio Cassimiro Alves Orientador

Banca:

Nome Papelordem decrescente
Lorenzo Augusto Ruschi e Luchi Examinador Interno

Resumo: Os edifícios de concreto armado no passado eram construídos com elementos robustos, conferindo grande rigidez a estrutura no que tange a estabilidade da mesma. Com o avanço tecnológico na construção civil ao longo dos anos, surgiram sistemas construtivos que proporcionaram a construção de edifícios mais altos e esbeltos.
Tendo em vista que a estabilidade global de edificações altas e esbeltas é um ponto crítico, buscou-se nesta dissertação estudar alguns dos fatores que tem influência na estabilidade global das edificações de concreto armado, tais como: o tipo de sistema construtivo de laje (laje lisa, laje nervurada e laje nervurada com vigas-faixa), espessura das lajes, espessura do núcleo rígido, coeficientes que simulam a não linearidade física dos elementos estruturais, altura do pavimento e o efeito da interação solo-estrutura.
Foi verificado que os fatores supracitados possuem influência na estabilidade global das edificações de concreto armado. Dentre esses fatores, destacaram-se os coeficientes que simulam a não linearidade física dos elementos estruturais e a interação solo-estrutura, de modo que tiveram maior influência na estabilidade global.
Para a modelagem e análise dos resultados será utilizado o programa comercial CAD/TQS versão 17.13.

Palavras-chave: Estabilidade Global; Gama Z; Interação solo-estrutura; CAD/TQS.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910