Concretos Produzidos Com Adição de Resíduo Proveniente do Sistema de Dessulfurização de Gases (fgd): Avaliação de Aspectos Mecânicos, Ambientais e de Durabilidade

Nome: Roberta Arlêu Teixeira
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 06/06/2019
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Geilma Lima Vieira Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Geilma Lima Vieira Orientador
Jamilla Emi Sudo Lutif Teixeira Examinador Interno
Ricardo Filipe Teixeira Moreira Orientador
Sayonara Maria de Moraes Pinheiro Examinador Externo

Resumo: A utilização de resíduos industriais na construção civil tem se apresentado como uma excelente alternativa, dos pontos de vista econômico, ambiental e social, uma vez que possibilita a reinserção dos resíduos no ciclo de produção, evitando a geração de resíduos, e também, pelo fato de contribuir para diminuição do consumo de recursos naturais por parte da indústria da construção. O processo FGD constitui numa alternativa para o controle de emissões de SOx nas termelétricas e siderúrgicas, no entanto gera um resíduo, com características semelhantes às adições utilizadas para melhoria das propriedades dos materiais de construção. Sendo o concreto o material mais utilizado no mundo, alternativas que promovam uma maior sustentabilidade na sua produção são essenciais. Desta forma, esta pesquisa objetivou a avaliação do desempenho de concretos produzidos com adição do resíduo FGD, em0%, 5%, 10% e 15% da massa de cimento, utilizando duas relações água/aglomerante de 0,45 e 0,6. Os concretos foram avaliados nas idades de 7, 28, 56 e 91 dias. No estado fresco, determinou-se o índice de consistência e a massa específica. No estado endurecido as propriedades avaliadas tiveram como objetivo determinar parâmetros de desempenho mecânico e de durabilidade dos concretos. Foram avaliadas a Resistência à Compressão, Resistência à Tração por Compressão Diametral, Absorção de água por imersão e por capilaridade, o Teor de cloretos totais e solúveis e o Teor de sulfatos solúveis. Também foi avaliada a microestrutura dos concretos e a lixiviação de contaminantes pela norma NEN 7375 (NNI, 2004). Foi realizada a ANOVA dos resultados obtidos. Como resultados, obteve-se que a utilização do resíduo FGD como adição em concretos é viável tecnicamente, sendo o melhor desempenho obtido para o teor de 5% de adição, que além de promover um maior incremento na resistência à compressão, garantiu a resistência à tração do concreto referência e contribuiu para uma melhor compacidade do concreto, diminuindo a absorção de água por imersão e capilaridade dos concretos estudados. Por fim, verificou-se que o uso do resíduo FGD é seguro do ponto de vista ambiental.

Palavras-chave: resíduo FGD. Desempenho Mecânico. Desempenho Ambiental. Durabilidade.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910