Obtenção de Parâmetros para Estudo de Dimensionamento de um Muro de Contenção Com Pneus e Coproduto Siderúrgico de Aciaria

Nome: Anderson Augusto Guerin Pimenta
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 10/07/2019
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Patrício José Moreira Pires Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Karla Maria Wingler Rebelo Examinador Externo
Patrício José Moreira Pires Orientador
Romulo Castello Henriques Ribeiro Examinador Interno

Resumo: Atualmente o aumento do número de pessoas vivendo em áreas de risco tem sido uma das características negativas do processo de urbanização e crescimento desordenado das cidades brasileiras. Os deslizamentos de terra são frequentes nas encostas durante os períodos chuvosos, principalmente nos grandes centros urbanos. Uma forma de diminuir os impactos provocados por desastres é com a construção de estruturas de contenção de taludes, sendo alvo desse estudo o uso de muro de contenção com pneus, um tipo de muro de peso cuja estrutura possui a finalidade de resistir a empuxos de terra, mantendo a estabilidade graças ao peso próprio. O uso de pneus possui diversas aplicações em engenharia civil, com diversos casos de sucesso pelo mundo, devido à grande oferta de pneus usados. Essa pesquisa aborda o uso de dois resíduos na construção de muros de contenção: pneus usados oriundos de veículos leves e coproduto siderúrgico de aciaria. A indústria do aço no Brasil foi responsável pela produção, em 2017, de 34,4 milhões de toneladas de aço bruto, levando o país a ocupar a nona posição no ranking da produção mundial. No mesmo ano a produção de resíduos de siderurgia foi de 20,9 milhões de toneladas, sendo que 607 kg de resíduo foram gerados para cada tonelada de aço bruto produzido. A utilização desses dois resíduos possibilita limitar o desperdício e reduzir o consumo de matérias primas, e vai ao encontro da correta e eficiente gestão de resíduos sólidos. Para avaliar se os pneus usados se apresentam como alternativa viável às soluções tradicionais na construção de muros de contenção, e se o coproduto siderúrgico melhora as propriedades mecânicas de um muro de contenção, foram realizados ensaios de caracterização do coproduto e do solo; ensaios de compactação com amostras provenientes de adições de coproduto e solo; ensaios de cisalhamento direto para calcular o ângulo de atrito de interface entre o solo de fundação e o muro de pneus; e cálculos relacionados à densidade do conjunto pneu-solo-coproduto. Obtidos os parâmetros, foi feita uma análise de estabilidade de um muro de contenção projetado com dimensões pré-estabelecidas, mantendo sempre as mesmas proporções e os mesmos procedimentos de ensaios. Os resultados comprovam que: i) os muros de contenção com pneus se mostram eficientes do ponto de vista técnico, sendo alvo de pesquisas em universidades brasileiras e estrangeiras; ii) os resíduos de siderurgia possuem um vasto campo de utilização, com as mais diversas aplicações; iii) a utilização dos dois resíduos em conjunto é de extrema relevância, sendo sua eficácia expressa nos resultados da presente pesquisa.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910