INTEROPERABILIDADE Bim e Bem: Avaliação de Eficiência do Sistema na Análise Energética de Edifícios

Nome: Argeu Leonidas Maioli Pretti
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 29/06/2018
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
João Luiz Calmon Nogueira da Gama Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Cristina Engel de Alvarez Examinador Interno
Cynthia Marconsini Loureiro Santos Examinador Externo
Edna Aparecida Nico Rodrigues Examinador Externo
João Luiz Calmon Nogueira da Gama Orientador

Resumo: A crescente demanda energética impõe quebra de paradigmas no que diz respeito
às questões das fontes geradoras e os meios de tornar a sua utilização mais
sustentável. A indústria da construção civil possui o papel importante, considerando
que o consumo energético do setor é bastante significativo em todo o ciclo de vida
de uma edificação, no entanto, uma série de ferramentas tem surgido com intuito de
tornar o setor de Arquitetura, Engenharia e Construção – AEC, mais eficiente e com
menor impacto ambiental, sendo o Building Information Modeling – BIM e os
programas de modelagem energética da edificação (BEM – Building Energy
Modeling) integrantes deste grupo. A pesquisa avaliou o desempenho da
interoperabilidade entre as ferramentas do BIM e BEM após o compartilhamento dos
modelos Referência e Ajustado, e os seus parâmetros calculados pelo Método
Prescritivo do RTQ-C. Os modelos criados da edificação padrão tiveram as suas
envoltórias detalhadas na ferramenta do BIM da Autodesk®, o Revit® Architecture e
compartilhados com as ferramentas BEM – Green Building Studio; EnergyPlus;
eQUEST; DesignBuilder; IES-VE; OpenStudio e Insight por meio de dois formatos
padrões de interoperabilidade, IFC e gbXML, e os derivados do gbXML – IDF e INP.
Três ferramentas não realizaram as simulações após a interoperabilidade, sejam
importando arquivos gbXML e IFC ou carregando os arquivos IDF e INP. Entre as
ferramentas que realizaram as simulações, somente o EnergyPlus apresentou
resultado coerente e consistente após carregar os arquivos IDF derivados do gbXML
da ferramenta Green Building Studio e do plugin Insight.

Palavras-chave: Interoperabilidade, BIM, BEM, IFC, gbXML, eficiência energética.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910