POSTERGAÇÃO de Tempo no Projeto de Rede Logística Reversa do Óleo de Cozinha em Vitória – Es

Nome: Marcos Wagner Jesus Servare Junior
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 27/03/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Patricia Alcantara Cardoso Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Marcia Helena Moreira Paiva Examinador Externo
Marta Monteiro da Costa Cruz Examinador Interno
Patricia Alcantara Cardoso Orientador

Resumo: Uma questão crucial no projeto de eficientes sistemas logísticos é a identificação de locais para instalações dos estoques e a literatura contempla diversos modelos para este tipo de problema, como a proposta promovida pela postergação de tempo, que incentiva a criação e centralização de estoques para minimizar custos e riscos associados ao planejamento de uma cadeia de suprimentos. Em paralelo a isso, o crescimento mundial do consumo de produtos ocasiona o surgimento de um paradigma relacionado ao fim da vida útil ou o fim do consumo destes produtos. Essa questão se torna ainda mais importante a medida que este bem possa provocar avarias e problemas ambientais. O óleo de cozinha usado é uma destas situações, que quando descartado de forma inapropriada pode acarretar um severo impacto ambiental em uma região. Junto ao crescimento do consumo de óleo de cozinha, leis foram promulgadas, dentre elas a Política Nacional de Resíduos Sólidos, com o objetivo de incentivar o retorno na cadeia reversa e, assim, motivou o crescimento do campo de pesquisa da logística reversa para questões ambientais e a promoção de novas instalações e fluxos para este sistema. Nesta dissertação, é analisado o problema de postergação de tempo. Como fator de aplicação foi realizado o estudo de postergação de tempo na cadeia reversa do óleo de cozinha usado no município de Vitória no Estado do Espírito Santo. Nesse contexto, esse trabalho propõe uma modelagem matemática para utilização da postergação de tempo no projeto da cadeia de suprimentos reversa. O modelo foi aplicado à região de estudo de caso a partir da definição de 24 cenários e, então, solucionado com a implementação no CPLEX 12.6 que pôde solucionar todos estes cenários de maneira ótima. Com os resultados alcançados, foram elaboradas propostas considerando o cenário atual com uma projeção de longo prazo e outra proposta considerando o mesmo cenário com o incremento de capacidade a uma empresa de beneficiamento de resíduo da região. Ainda, foi detectado a importância dos custos de transportes na formação do custo total, além de indicar uma previsão de gastos com a implementação dos cenários e alternativas para que ocorra a implementação do projeto.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910